Piso para garagem: como escolher, dicas e fotos inspiradoras

Chegou a hora de pensar no acabamento e finalização da garagem, que maravilha! E é nessa hora também que é preciso escolher o piso da garagem.

As dúvidas são inevitáveis, já que a oferta é enorme. Como saber então qual piso levar pra casa?

É justamente isso que vamos te contar no post de hoje. Acompanhe com a gente.

Como escolher piso para garagem

Interna ou externa?

A primeira coisa que interfere na escolha do piso para garagem é o fato dela ser coberta (interna) ou descoberta (externa). Isso porque fatores como a chuva e o sol contribuem para o desgaste do piso e, nesses casos, é importante contar com um piso de maior resistência.

Antiderrapante

Também é importante contar com um piso antiderrapante para garagem. Isso evita aquele barulho desagradável causado por conta do atrito do pneu com o piso.

Impermeabilidade

Para garagens externas é muito importante avaliar a impermeabilidade do piso, ou seja, o quanto ele é ou não capaz de absorver a água da chuva e realizar o escoamento correto.

Das duas uma: ou você opta por um piso cem por cento impermeável, como o porcelanato, e garante um bom caimento, ou você escolhe um piso permeável, onde a água passa e vai direto para o solo, como acontece com o concregrama, por exemplo.

Resistência e durabilidade

O piso para garagem precisa ser resistente e durável, afinal de contas o peso e o atrito do carro desgastam o piso muito mais rapidamente.

Por isso, nem pense em apanhar os pisos que sobraram da casa para colocar na garagem. Além de ficar esteticamente fora do lugar, esses pisos podem não ter a resistência adequada para suportar o peso do carro.

Uma dica na hora de comprar o piso para garagem é observar o PEI. Mas o que é isso? Bem, o PEI é a sigla para “Porcelain Enamel Institute” ou, em uma tradução livre, seria algo parecido com “Instituto do Esmalte para Porcelana”.

Essa sigla indica o grau de resistência do piso, indo de 0 a 5, onde 0 é o menos resistente e 5 o mais resistente. E adivinha qual o mais recomendado para garagem? Acertou! O piso que traz a indicação PEI 5 ou, no máximo, PEI 4.

Manutenção

Lembre-se também de avaliar o nível de manutenção que o piso da garagem vai trazer para você.

Alguns são bem simples e fáceis de cuidar, como os de cerâmica e os porcelanato. Já alguns outros tipos, como os de pedra, podem absorver a sujeira e serem mais trabalhosos para limpar.

Existe ainda a questão da manutenção periódica. Os pisos de cimento queimado são um exemplo. Com o passar do tempo eles tendem a apresentar trincas e fissuras que certamente precisarão de reparos.

Tipos de piso para garagem

Ardósia

A ardósia é um tipo de pedra muito utilizada para revestimento de piso e pode ser usada em garagem.

Uma grande vantagem da ardósia são as inúmeras possibilidades de formatos que podem ser criadas com a peça, permitindo uma estética moderna ao ambiente.

A ardósia também é um material fácil de manter no dia a dia, sendo limpo tranquilamente com apenas uma vassoura e um pano umedecido.

Contudo, a ardósia é um piso escorregadio e que pode se tornar um problema em garagens externas.

Borracha

Os pisos de borracha são muito comuns e utilizados em garagem. Como vantagem, eles apresentam resistência, durabilidade e fácil manutenção e instalação.

Mas se você procura um piso com maiores possibilidades estéticas, essa pode não ser a melhor opção, uma vez que o piso de borracha apresenta sempre a mesma característica marcante das texturas de “moeda”.

Cerâmica

O piso de cerâmica não poderia faltar por aqui. Largamente utilizado em projetos residenciais, tanto interno, quanto externos, a cerâmica consegue unir versatilidade, resistência, durabilidade e preço acessível.

Mas quando se trata de piso para garagem é fundamental escolher um modelo com PEI entre 4 e 5, que indicam maior resistência.

Em áreas externas é importante ainda notar se o piso cerâmico escolhido é do tipo polido, já que esse modelo geralmente apresenta superfície lisa e escorregadia, por isso é melhor evitar. Prefira os modelos acetinados e antiderrapantes.

Cimento queimado

Quer economizar? Então aposte no uso do cimento queimado para o piso da sua garagem. Além de ser uma opção bem mais barata, o cimento queimado ainda tem a vantagem de ser um piso resistente.

Aproveite também que o cimento queimado está na moda para deixar sua garagem moderninha.

Mas apesar das vantagens, o cimento queimado precisa de cuidados com o passar do tempo, uma vez que pode apresentar trincas e fissuras.

Concregrama

O concregrama é uma ótima opção de piso para garagens abertas e que precisam dar vazão ao fluxo de água da chuva.

A principal característica desse piso são suas partes vazadas que, após a instalação, são preenchidas por grama.

O resultado final é sempre muito bonito, mas é preciso manter a manutenção em dia para que a grama não sobressaia ao piso.

Fulget

O piso fulget é mais uma excelente opção de piso para garagens abertas. Esse piso, conhecido também como granilite lavado, possui aparência natural e rústica, conferindo um aspecto muito bonito para a fachada da casa.

O piso fulget possui superfície áspera, o que o torna antiderrapante, e porosa, permitindo que a água da chuva penetre e não se acumule.

Intertravado

O piso intertravado é um tipo de piso de concreto instalado em peças individuais travadas entre si formando mosaicos.

Esse tipo de piso é super resistente, possui fácil manutenção e um bom custo beneficio.

Concreto

O piso de concreto apresenta as mesmas características do piso de cimento queimado com a diferença de que pode ser instalado por placas.

Essa possibilidade garante um visual diferenciado para a garagem e a área externa.

Pedra Portuguesa

A pedra portuguesa é muito procurada para revestimento de pisos de garagem. Essa pedra se caracteriza pelo tamanho, geralmente bem pequeninhas, unidas umas as outras por meio de camadas de rejunte.

Pedra

Além da pedra portuguesa, existem outros tipos de pedras que podem ser usadas como piso para garagem.

Um bom exemplo é a Miracema, uma pedra muito versátil, bonita e resistente.

Mas caso pretenda investir em um piso de pedra já fique sabendo que vai precisar gastar um pouco mais, uma vez que o material possui um dos custos mais altos do mercado.

Porcelanato

Durabilidade, resistência e beleza. Se você procura essas três coisas para o piso da garagem, então uma boa opção é o piso porcelanato.

Esse piso é mais resistente do que a cerâmica comum e ainda conta com a vantagem de possuir uma variedade enorme de cores, texturas e tamanhos.

Apenas fuja dos modelos polidos que são lisos e escorregadios, prefira os porcelanatos acetinados ou antiderrapantes.

Vinil Modular

O piso vinil ou vinilico é muito comum dentro das casas, mas será que pode ser usado em garagens? Sim, desde que seja fechada.

Isso porque apesar do piso vinil ser muito resistente, ele não suporta muito bem umidade e, por isso, pode acabar se danificando em contato com a água.

Confira agora 60 ideias inspiradoras de piso para garagem:

01. Piso para garagem de ardósia. A cor cinza da pedra traz um toque de modernidade ao projeto.

Piso para garagem de ardósia. A cor cinza da pedra traz um toque de modernidade ao projeto

02. Piso de cimento queimado para a garagem coberta.

Piso de cimento queimado para a garagem coberta

03. Piso de pedra para garagem combinando com o revestimento da parede.

Piso de pedra para garagem combinando com o revestimento da parede

04. Que tal um porcelanato branco para sua garagem?

Que tal um porcelanato branco para sua garagem?

05. Piso de pedra com espaçamento garantindo a vazão de água.

Piso de pedra com espaçamento garantindo a vazão de água

06. Aqui é o visual rústico do piso de tijolinhos que se destaca.

Aqui é o visual rústico do piso de tijolinhos que se destaca

07. Piso de pedra para garagem moderna.

Piso de pedra para garagem moderna

08. Um piso para a garagem e outro para a fachada.

Um piso para a garagem e outro para a fachada

09. Já nessa garagem de estilo industrial a opção foi usar piso de borracha.

Já nessa garagem de estilo industrial a opção foi usar piso de borracha

10. Piso de pedra na garagem: durável, resistente e muito bonito.

Piso de pedra na garagem: durável, resistente e muito bonito

11. Já na garagem fechada e coberta a dica é apostar no piso de vinil.

Já na garagem fechada e coberta a dica é apostar no piso de vinil

12. Piso concregrama para quem aprecia uma fachada mais “verde”.

Piso concregrama para quem aprecia uma fachada mais “verde”

13. Piso intertravado para garagem aberta.

Piso intertravado para garagem aberta

14. Um piso especial pensado exclusivamente para a garagem.

Um piso especial pensado exclusivamente para a garagem

15. Garagem moderna combina com piso de concreto.

Garagem moderna combina com piso de concreto

16. Aproveite o concregrama para fazer formas criativas no chão.

Aproveite o concregrama para fazer formas criativas no chão

17. Garagem coberta com piso de pedra. Repare como o modelo se harmoniza com a fachada.

Garagem coberta com piso de pedra. Repare como o modelo se harmoniza com a fachada

18. Garagem e quintal compartilham o mesmo piso por aqui.

Garagem e quintal compartilham o mesmo piso por aqui

20. Garagem coberta e moderna combina com piso vinil.

Garagem coberta e moderna combina com piso vinil

21. Mas se você procura um bom custo beneficio aposte no piso de concreto.

Mas se você procura um bom custo beneficio aposte no piso de concreto

22. Já no quesito facilidade de limpeza, o piso vinil dá um show.

Já no quesito facilidade de limpeza, o piso vinil dá um show

23. Piso fulget para a garagem pequena.

24. O concregrama une beleza e funcionalidade como ninguém.

O concregrama une beleza e funcionalidade como ninguém

25. A garagem clean e moderna apostou no uso do piso de cerâmica.

A garagem clean e moderna apostou no uso do piso de cerâmica

26. O que acha de variar entre o concregrama e o piso intertravado?

O que acha de variar entre o concregrama e o piso intertravado?

27. Aqui, o piso de pedra portuguesa liga a garagem até a calçada.

Aqui, o piso de pedra portuguesa liga a garagem até a calçada

28. Cimento queimado para uma garagem moderna, bonita e fácil de cuidar.

Cimento queimado para uma garagem moderna, bonita e fácil de cuidar

29. Qual o problema em dar aquela valorizada no piso da garagem?

Qual o problema em dar aquela valorizada no piso da garagem?

30. O piso de pedra já é bonito, desenhado então, nem se fale.

O piso de pedra já é bonito, desenhado então, nem se fale

31. Piso de pedra para unir o rústico com o sofisticado.

Piso de pedra para unir o rústico com o sofisticado

32. A boa e velha combinação entre pedra e madeira. Nunca decepcionam!

A boa e velha combinação entre pedra e madeira. Nunca decepcionam!

33. O piso intertravado também está no top da lista quando o assunto é custo beneficio.

O piso intertravado também está no top da lista quando o assunto é custo beneficio

34. Lembre-se que, na grande maioria das vezes, o piso da garagem também é o piso da fachada.

Lembre-se que, na grande maioria das vezes, o piso da garagem também é o piso da fachada

35. Piso concregrama na garagem coberta.

Piso concregrama na garagem coberta

36. As pedras são sempre ótimas opções para piso de garagem.

As pedras são sempre ótimas opções para piso de garagem

37. O que acha de variar um pouco entre o concregrama e o intertravado?

O que acha de variar um pouco entre o concregrama e o intertravado?

38. O cimento queimado é versátil! Vai bem em todo tipo de projeto.

O cimento queimado é versátil! Vai bem em todo tipo de projeto

39. Piso de pedra para garagem aberta.

Piso de pedra para garagem aberta

40. Pedra na calçada, porcelanato na garagem.

Pedra na calçada, porcelanato na garagem

41. Piso fulget para um projeto de garagem de casa de alto padrão.

Piso fulget para um projeto de garagem de casa de alto padrão

42. Garagem pequena e piso cerâmico.

Garagem pequena e piso cerâmico

43. Apesar de rústico, o piso intertravado combina com diferentes projetos.

Apesar de rústico, o piso intertravado combina com diferentes projetos

44. Piso fulget em duas cores.

Piso fulget em duas cores

45. Na dúvida, o piso de concreto é sempre uma boa opção.

Na dúvida, o piso de concreto é sempre uma boa opção

46. Piso branco na garagem? Só se for fácil de limpar.

Piso branco na garagem? Só se for fácil de limpar

47. Concregrama no quintal e porcelanato na garagem.

48. O piso fulget confere um toque retrô à garagem.

O piso fulget confere um toque retrô à garagem

49. Piso vinil branco na garagem fechada.

Piso vinil branco na garagem fechada

50. Piso de concreto para quem busca resistência e durabilidade.

Piso de concreto para quem busca resistência e durabilidade

51. Garagem com piso de pedra combinando com a fachada.

Garagem com piso de pedra combinando com a fachada

52. Aqui, o piso da garagem acompanha o tom de azul da parede.

Aqui, o piso da garagem acompanha o tom de azul da parede

53. A casa brutalista não poderia deixar de ter um piso de concreto na garagem.

A casa brutalista não poderia deixar de ter um piso de concreto na garagem

54. Piso de pedra: naturalmente antiderrapante.

Piso de pedra: naturalmente antiderrapante

55. Piso fulget cinza claro para iluminar a garagem pequena.

Piso fulget cinza claro para iluminar a garagem pequena

56. Sim, o piso da garagem pode ser colorido.

Sim, o piso da garagem pode ser colorido

57. Piso de cimento queimado na parte de dentro da garagem.

Piso de cimento queimado na parte de dentro da garagem

58. Cimento queimado e blocos aparentes formam uma garagem moderna e descontraída.

Cimento queimado e blocos aparentes formam uma garagem moderna e descontraída

59. O que acha de usar pedra marrom?

O que acha de usar pedra marrom?

60. Casa moderna com piso intertravado na garagem.

Casa moderna com piso intertravado na garagem