Espada de São Jorge: como cuidar, plantar e inserir no ambiente

Para alguns, a Espada de São Jorge é uma planta de poder. Para outros, ela é um coringa na decoração. O fato é que a Espada de São Jorge é uma planta muito popular por diferentes motivos. Ela é de fácil cultivo, se adapta muito bem dentro de casa, limpa o ar da poluição e nunca sai de moda.

Seja por um motivo ou por outro, vale a pena dedicar um cantinho da sua casa para essa planta tão autêntica e diferente das outras. Acompanhe esse post e saiba como plantar, cuidar e usá-la na decoração. E, ao fim, aproveite para se encantar com alguns usos da planta em residências:

Tipos de Espada de São Jorge

A Espada de São Jorge, também conhecida popularmente como Língua de Sogra e Rabo de Lagarto, é uma planta de origem africana. Talvez isso explique porque a planta está tão presente nas religiões de origem afro, como o candomblé e a umbanda.

A planta pertence à família das sansevierias e possui três variações mais populares, diferentes entre si por apenas alguns detalhes. Conheça cada uma delas:

Espada-de-São-Jorge ou Espada de Ogum

A Espada de São Jorge (catolicismo) ou Espada de Ogum (candomblé) é a mais popular dentre as variedades da planta. Esse tipo é caracterizado pela coloração totalmente verde de suas folhas com apenas algumas manchas mais claras.

Espada-de-Santa-Bárbara ou Espada de Iansã

Essa variedade da planta se diferencia das demais pela borda amarelada de suas folhas. Na parte central, ela é igual a Espada de São Jorge.

Lança-de-São-Jorge ou Lança-de-Ogum

Esse é o tipo mais diferente entre os três. A Lança de São Jorge ou de Ogum, apresenta um formato cilíndrico e suas folhas crescem em formato de leque.

Como plantar e cuidar da Espada de São Jorge

Apesar de ser uma planta fácil de ser cultivada e que praticamente não exige manutenção, a Espada de São Jorge (e suas variedades) precisa ser plantada seguindo alguns cuidados para que ela se mantenha bonita e cresça adequadamente. Siga o passo a passo de como plantar e cuidar da sua Espada de São Jorge:

1. Escolha o vaso mais adequado

O vaso precisa ter um bom sistema de drenagem para evitar o acúmulo de água e o apodrecimento da planta. Certifique-se que o vaso tenha pedras, cacos de telha ou argila expandida no fundo para que o excesso de água possa ser eliminado.

Os vasos de cerâmica são os mais indicados, pois suportam melhor o peso da planta. Sem contar, que esse tipo de vaso faz uma troca de temperatura mais natural com o restante do ambiente.

2. Plante

No fundo do vaso coloque, primeiramente, uma camada de areia, para ajudar na drenagem e uma camada de adubo orgânico (pode ser húmus de minhoca, compostagem ou uma terra preparada), compacte um pouco essas duas camadas e, em seguida, adicione um pouco de terra e, por fim, a muda da planta. Garanta que a Espada de São Jorge esteja bem centralizada no vaso. Compacte novamente com as mãos.

Por fim, você pode utilizar cascas de pino que, além de darem um visual bonito para o vaso, evita que a planta perca umidade. Distribua por igual e ajeite a planta. A melhor época para o plantio da Espada de São Jorge é entre maio e julho.

3. Não exagere nas regas

As regas devem ser espaçadas para evitar o apodrecimento das raízes. É aconselhável realizar duas regas por semana no verão, no inverno procure sentir a superfície da terra está seca. Em caso positivo, faça a rega, senão espere até a planta demonstrar necessidade.

4. Adube com moderação

Para que a planta fique sempre forte, bonita e resistente faça adubações para reposição de nutrientes uma vez por ano. Apenas. A dica é utilizar o adubo NPK 10-10-10 na proporção de uma colher de sopa para dois litros de água. Dissolva bem e regue a planta.

Escolha o local ideal para a Espada de São Jorge

Depois de plantada, a Espada de São Jorge precisa ser colocada em um local a meia-sombra. Apesar de suportar a exposição ao sol, o ideal é preservar a planta em um ambiente onde ela possa receber luz natural ao menos cinco horas por dia.

É importante ressaltar que a Espada de São Jorge é uma planta tóxica e deve ser colocada em um ambiente seguro de animais domésticos e crianças.

Por que ter uma Espada de São Jorge em casa?

Quer motivos para ter uma Espada de São Jorge dentro da sua casa? Vamos te dar alguns:

1. Resistente e fácil de cuidar

A Espada de São Jorge, bem como suas irmãs, é uma planta muito resistente e que não requer grandes cuidados. Por isso, é muito indicada para jardineiros iniciantes e para aqueles que gostam e querem ter plantas em casa, mas não possuem muito tempo para cuidar.

2. Coringa na decoração

De visual alongado e de folhas verdes intensas, a Espada de São Jorge combina muito bem em ambientes de decoração moderna. Mas ela também fica super bem em espaços mais rústicos, sofisticados, minimalistas ou de estilo clean.

Faz composições muito harmoniosas com outras plantas e pode marcar presença nos ambientes externos também, sendo utilizada em jardins, varandas, entre outros. Sem contar que a planta está sempre em alta, nunca sai de moda e é muito tradicional na cultura brasileira.

Para não ter erro, escolha um vaso que combine com a decoração do restante do ambiente e plante a Espada de São Jorge nele.

Planta de poder

A Espada de São Jorge é muito respeitada e querida pelos seguidores das religiões afro e cristã. Acredita-se que ela tem o poder de cortar (graças ao seu formato de espada) o mau-olhado e a inveja, trazendo proteção para a casa.

Na entrada da casa, a planta repele toda a energia negativa. A Espada de São Jorge também está associada as virtudes da coragem e da força.

Depuradora do ar

Se a planta limpa o ambiente de energias nocivas do plano astral, imagina no plano físico? Já foi comprovado cientificamente que a Espada de São Jorge tem a capacidade de limpar e purificar o ar de certas substâncias como o Benzeno, formol, tricloroetileno, xileno e tolueno. Uma verdadeira purificadora de ambientes.

Ideias de como incorporar a planta na decoração da casa:

01. Composição com três mini vasos de Espada de Santa Bárbara

02. Espada de Santa Barbara dividindo a decoração com suculentas e folhagens

03. Vaso recheado de Espadas de Santa Barbara

04. Espada de São Jorge guardando a entrada do quarto


Repare como a presença da planta modificou o ambiente, dando vida e cor ao corredor branco.

05. Espada de Santa Barbara em companhia de uma jovem pata de elefante

06. No hall de entrada


O vaso de Espada de São Jorge foi estrategicamente posicionado logo na entrada da casa. Aqui, energia negativa não entra.

07. Home Office com a presença marcante da natureza

08. Uma sala verde


O Jardim vertical em composição com o vaso de Espada de São Jorge deixou a sala com um aspecto muito agradável. O verde intenso das plantas dá vida ao local.

09. Espada de Santa Barbara repousando na janela

10. Presença imponente


A Espada de São Jorge impõe respeito logo na entrada da casa. Impossível passar despercebido pela planta.

11. Vaso traz sofisticação para a Espada de São Jorge

12. Espada de São Jorge para erguer o astral do ambiente branco

13. Espada de São Jorge repousando no Cesto de vime

14. Se um é bom, imagina três?


A composição com três vasos de Espada de São Jorge ornamentou a casa. Destaque para os vasos de barro que trazem rusticidade ao ambiente.

15. Mini Espada de São Jorge na janela

16. Espada de São Jorge fechando o canto do cômodo


No Feng Shui, os cantos dos cômodos precisam ser preenchidos e não devem ficar expostos, já que poderiam cortar a energia do ambiente. A Espada de São Jorge serviu para esse propósito, além, é claro, de decorar o local.

17. Espadas de Santa Barbara dando um toque de verde para a varanda

18. Espadas de Santa Barbara preenchendo e valorizando espaço externo

19. Espada de São Jorge em uma composição romântica

20. Lanças de São Jorge na sacada


Menos populares que as demais do gênero, as Lanças de São Jorge compõe a decoração dessa sacada de estilo moderno

21. Vaso alto de Espadas de São Jorge

22. Até nos menores cantinhos


Não importa o espaço que você tem disponível, vale a pena apostar na presença de uma planta para carregar o ambiente de boas energias.

23. Espada de São Jorge no quarto de bebê

24. Muito bem recepcionado


Essa casa recepciona muito bem seus moradores e visitantes. O vaso com a Espada de São Jorge na entrada harmoniza perfeitamente com os demais.

25. Valorizando o espaço sob a escada


O vaso com a Espada de São Jorge valoriza o espaço sob a escada, um local que costuma ser esquecido e deixado de fora na decoração.

26. Espada de Santa Bárbara na área de serviço

27. Mini vaso de Espada de São Jorge abraçando as suculentas

28. Espada de São Jorge no quarto

29. Vaso com Espadas maduras e crescidas


Podendo alcançar até 90 centímetros de comprimento, as folhas dessa Espada de São Jorge demonstram já ter chegado na maturidade.

30. Espada de São Jorge para alegrar o hall de entrada

31. Espada de São Jorge em contraste harmonioso com a madeira

32. Discreto, mas com presença garantida

33. Corredor de Espadas


A entrada dessa casa tem um corredor de Espadas de São Jorge, evocando proteção e coragem aos moradores e visitantes.

34. Busque por diferentes composições com a planta

35. Escondida em um cantinho


A Espada de São Jorge ficou no cantinho dessa sala de jantar, mas ela não passa sem chamar a atenção. Uma planta que combina com qualquer ambiente.

36. Todas as variedades da planta em um mesmo ambiente

37. Espada de São Jorge no balcão da cozinha

38. Vaso valorizou a Espada de São Jorge que passou a chamar atenção só para si

39. Espada de São Jorge em um ambiente mais sóbrio e neutro

40. Como um camaleão


Em cima da mesinha, essa Espada de São Jorge se destaca em meio a decoração. Repare que, dependendo do vaso em que ela é colocada, sua aparência se adapta como um camaleão.

41. Espada de São Jorge na sala

42. Em um cantinho especial do jardim


Nos vasos alongados, a Espada de São Jorge se destaca. Muitas vezes renegada à coadjuvante no paisagismo, dessa vez, a planta ganhou papel de protagonista.

43. Espada de São Jorge dentro do quarto, decorando a área da escrivaninha

44. Arranjo com as folhas da Espada de São Jorge


Outra forma muito comum de se cultivar a Espada de São Jorge é dentro da água. Ela vive muito bem nesse ambiente também.

45. Espada de São Jorge adornando a cabeceira da cama

46. Guardando o sofá, como guerreiras

47. Cerca viva com Espadas de São Jorge

48. Preenchendo toda a abertura do vaso, essa Espada de São Jorge faz companhia para um café

49. Espada de São Jorge decorando o banheiro

50. Suculentas dividindo o vaso com as Espadas de São Jorge

51. A Espada de São Jorge faz companhia nos momentos de descanso

52. Espadas de São Jorge aproveitando a luz natural da janela

53. Espada de São Jorge decorando a sala

54. Elevada pelo suporte, essa Espada de São Jorge recepciona quem chega

55. Vaso de barro com muitas mudas de Espada de São Jorge

56. Para descontrair


O verde intenso da Espada de São Jorge veio para quebrar o excesso de branco e outros tons neutros presentes nessa decoração.

57. Espada de São Jorge decorando o banheiro


O banheiro é um ótimo cômodo para colocar um exemplar de Espada de São Jorge. Sem dizer que a planta ajuda muito na decoração desse ambiente. Lembre-se de escolher um vaso bem bonito e que combine com os demais elementos do local.

58. Um banquinho para acomodar as plantas


Ao lado da banheira, esse cantinho do banheiro recebe as plantas, inclusive a Espada de São Jorge, em um banquinho rústico e descontraído.

59. Um vaso moderno para acolher a Espada de São Jorge

60. Espadas de São Jorge purificando o quarto


Além de limpar o ambiente de substâncias nocivas, a Espada de São Jorge também purifica o ar. A planta libera oxigênio durante a noite, o que a torna ainda mais indicada para ambientes internos.

61. Protegidas do Sol

62. Cascas de Pinus para preservar a umidade do vaso

63. Composição harmoniosa de plantas no mesmo vaso

64. Vaso vermelho de Espada de São Jorge para tirar a monotonia da sala

65. Lanças de São Jorge formando um leque

66. Espada de São Jorge em um cantinho rústico


Nessa sala de tons terrosos e neutros, o vaso de Espada de São Jorge é o responsável por dar vida e ânimo ao ambiente monótono.

67. A vida é verde

68. Espada de São Jorge decorando a sala ampla.

69. Divisória verde


A jardineira de Espadas de São Jorge serve como uma divisória separando os dois ambientes desse quarto de casal. Alternativa muito interessante.

70. Vasos de Espada de São Jorge nas laterais da cama

71. Ambiente Preto e Branco


A sala de cores neutras ganha um novo fôlego com o verde que vem do vaso de Espada de São Jorge.

72. À Luz do sol

73. Canteiro de Espadas de São Jorge no quintal

74. Canteiro de espécies variadas

75. Espada de São Jorge na decoração da área de serviço

76. Canteiro de Espada de São Jorge na sala


Quem tem um espaço inutilizado em casa pode adaptá-lo e transformá-lo em canteiro, fugindo dos óbvios vasos.

77. Espadas de São Jorge separando ambientes

78. Hall de entrada com vaso grande de Espada de São Jorge

79. No corredor

80. Sala de decoração clássica também tem espaço para plantas

81. Mini Espada de São Jorge na cozinha

82. Parede verde

83. Vasinho discreto

84. Espadas de São Jorge atrás do sofá

85. Mini Espada de São Jorge compondo decoração moderna