Como plantar suculentas: conheça o passo a passo e dicas essenciais

Quem ama plantas precisa aprender como cuidar de suculentas. Por isso, preparamos este post com todas as informações importantes sobre suculentas. Confira tudo para se sentir preparado para começar a cultivar essa espécie de planta.

Quais os principais tipos de suculentas?

Todo cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é um cacto. É possível encontrar várias famílias de suculentas que chegam até 1.600 espécies diferentes. Confira quais as espécies mais comuns que você pode encontrar no país.

1. Echevéria ou rosa de pedra

O formato da Echevéria é uma das suculentas mais procuradas para cultivo. O seu formato lembra uma flor e as suas folhas são arredondadas, mas apresenta uma leve angulação em suas pontas.

2. Planta fantasma

A planta fantasma possui folhas alongadas e pontuadas. A suculenta apresenta um subtom roxo, mesclando com a sua cor principal que é o verde opaco. O seu formato lembra uma bela flor.

3. Colar de pérolas

O nome da suculenta colar de pérolas teve sua origem nas suas hastes que são repletas de folhas esféricas, mais parecido com ervilhas. As suas flores são brancas com um cheirinho de canela.

4. Rabo de burro

O rabo de burro é indicado para jardins verticais porque suas hastes são bastante compridas, chegando a atingir quase um metro de comprimento. As suas folhas têm um tom verde acinzentado e as suas flores são pequenas e avermelhadas.

5. Zebra

O formato da suculenta zebra é roseta, sendo que suas folhas são verdes, carnudas, duras, grossas e rajadas de branco. Por ser bem resistente este tipo de planta é muito indicada para quem está cultivando pela primeira vez.

6. Orelha de Shrek

A suculenta orelha de Shrek é muito parecida com o famoso ogro dos cinemas. Suas folhas são tubulares e compactadas. O melhor dessa planta é que ela não costuma sofrer com doenças e pragas.

7. Sedum carnicolor

A sedum carnicolor é bastante resistente a temperaturas extremas, tanto períodos de calor quanto de frio. No entanto, evite regá-las constantemente, já que o excesso de água pode apodrecê-la.

Como plantar suculentas

O mais interessante da suculenta é que você pode plantá-la em diversos objetos dentro de casa. Contudo, o processo de cultivo é o mesmo para todos os casos. Confira o passo a passo de como plantar a suculenta.

  1. Escolha o recipiente onde será colocada a suculenta;
  2. Você pode escolher uma lata, um vaso, um cachepô ou xícara;
  3. O objeto precisa ter furos para drenar a água;
  4. Use areia lavada, terra adubada e fibra de coco moída para fazer um substrato especial;
  5. Em vasos grandes acrescente argila expandida no fundo;
  6. Faça isso antes de colocar o substrato para ajudar na drenagem;
  7. Depois coloque o substrato que você preparou dentro do vaso;
  8. Vire o vaso original de cabeça para baixo;
  9. Em seguida, bata no fundo até que a suculenta se solte juntamente com a terra e raízes;
  10. Agora coloque a muda de suculenta no novo vaso;
  11. Se certifique de que a planta esteja com o substrato;
  12. Na hora da transferência tome cuidado para não cobrir as folhas;
  13. Bata nas laterais do vaso para a terra se acomodar;
  14. Faça isso até a terra entrar em contato com a raiz da suculenta;
  15. Em seguida, coloque areia com pedriscos brancos sobre a terra;
  16. Faça isso para decorar e evitar a rápida evaporação da água;
  17. Regue com água uma ou duas vezes por semana.

Como cuidar de suculentas

Como toda planta, as suculentas precisam de alguns cuidados específicos para evitar a propagação de doenças e pragas. Por isso, siga as nossas dicas para ter sempre suculentas saudáveis.

  1. Observe as plantas com o objetivo de encontrar algumas pragas que podem aparecer;
  2. Faça isso antes que elas se espalhem;
  3. Se você perceber a presença de pragas como cochonilhas e pulgões, isole imediatamente a suculenta que foi afetada;
  4. Depois use um cotonete umedecido em óleo de Neem para remover os insetos com cuidado;
  5. Depois pulverize no produto na planta toda vez que você regar a suculenta até perceber que o problema foi resolvido;
  6. Como as suculentas sofrem mais com o excesso de água do que com a falta dela, evite regar constantemente;
  7. Para saber se a planta precisa de água, coloque a ponta dos dedos dentro do vaso para sentir se o substrato está úmido;
  8. Se você usar vasos de cerâmica, precisará regar com mais frequência;
  9. Nos casos de cachepots sem furos, não será necessário regar constantemente porque o objeto tem sistema de drenagem;
  10. Quando você for regar a suculenta, evite molhar as folhas, uma vez que a umidade pode ajudar a apodrecê-las;
  11. Caso você perceba excesso de água no pratinho embaixo do vaso, elimine imediatamente;
  12. O vaso de suculenta precisa ser adubado frequentemente;
  13. Dê preferência aos adubos NPK;
  14. Coloque o adubo sobre a terra ou pedriscos;
  15. Faça isso para que o adubo libere os nutrientes com a rega;
  16. A luminosidade não basta para as suculentas;
  17. Por isso, coloque o vaso próximo de janelas ou na parte externa da sua casa;
  18. Preste atenção na mudança de cores das folhas da suculenta, pois pode ser indício de algum problema;
  19. Para finalizar, converse com a planta para que ela sinta a sua presença.

Como regar uma suculenta

Como as suculentas armazenam água em seu interior, elas ficam mais resistentes à secas. Por isso, a planta não precisa de muita rega e o excesso pode fazer as suas folhas apodrecerem.

A suculenta não possui uma rega padrão, pois tudo depende da região onde você mora, do clima do local, da temperatura da sua casa, do tipo de vaso que ela será cultivada e a quantidade de luz solar que ela recebe.

No entanto, o mais recomendado é regar uma vez por semana durante o verão e uma ou duas vezes por mês no inverno. Na hora de regar, molhe apenas o solo, mas evite que caia água sobre as folhas para evitar que apodreça.

Para verificar se a suculenta precisa de água coloque um palito no solo ou enfie as ponta dos dedos. Se você perceber que a terra está leve, solta e seca, coloque água. Mas se for perceber que a terra está úmida, aguarde para fazer a rega.

No caso de suculenta cultivada em cachepôs você precisa regar sem eles. Depois que regar a planta, verifique se a água escorreu e coloque-a de volta ao cachepôs. Dessa forma, você evita que a raiz entre em contato com a água.

Em recipientes que não possuem furos como xícaras e terrários você precisa fazer um sistema de drenagem para a planta não ficar úmida. Como não há furos, a água não tem para onde escoar.

O melhor substrato para suculenta é aquele composto por areia de construção, terra adubada e pedriscos. Mas é necessário que a terra seja leve e sem torrões para a água drenar sem problemas.

Depois de conferir como cuidar de suculentas, se prepare para ter belas plantas dentro de casa. As suculentas são fáceis de serem cultivadas e é uma excelente opção para decorar a sua casa.