Temperos para plantar em casa: 8 ervas aromáticas para você conhecer

Uma comida com tempero faz toda a diferença na hora de servir a refeição. Seja pelo aroma, ou pela verdadeira transformação que conferem a um prato, as ervas aromáticas são queridinhas na hora da escolha do que usar. Quer sugestões de 8 temperos para plantar em casa? Aprenda um pouco mais sobre eles e como plantá-los! Leia o postaté o final para obter dicas valiosas!

Antes de plantar

Quando se pensa em temperos para se plantar em casa, a primeira coisa a se fazer é escolher o vaso ideal. Existem dois tipos de recipientes específicos para o plantio de temperos. Os vasos e as jardineiras. Ah! Certifique-se que seus vasos e jardineiras tenham furos. Isso fará o excesso de água escoar! E cuide sempre com o acúmulo de água para não afogar sua plantinha ou criar foco para mosquitos!

  • Vasos: necessário para plantas que preferem crescer sozinhas, como a hortelã. O tamanho do vaso importa para o crescimento saudável de sua plantinha! As raízes ocupam espaço e precisam dele para se fixar e pegar todos os nutrientes do solo. Em um vaso muito pequeno, a planta atrofia.
  • Jardineiras: são vasos ou caixas retangulares. Com mais espaço, são perfeitas para o plantio de mudas em maior quantidade. Cuidado ao colocar espécies diferentes, pois as plantas podem brigar por espaço. Prefira colocar nas jardineiras, no máximo, duas mudas menores a uma distância razoável para que cresçam sem interferência.

Preparando o solo: passo a passo

Temperos para plantar em casa

Depois de escolher seu vaso ou jardineira, você vai preparar o espaço ideal para a nova plantinha.

1. Camada de drenagem

A primeira coisa é colocar no fundo do vaso uma camada para drenagem. A argila expandida (encontrada em lojas de jardinagem e floriculturas) é a mais indicada para este trabalho. Esta camada é feita com materiais que não acumulem água. Cacos de vaso de barro, cacos de telha e pedras também podem ser utilizados! Uma camada de dois dedos é o suficiente.

2. Areia

A segunda camada é de areia. Item importante para auxiliar na drenagem e manter a planta firme ao solo. Despeje a areia e espalhe por toda a extensão do vaso. Não precisa ser muito, apenas o bastante para cobrir a primeira camada. Pode ser areia de jardinagem ou areia comum encontrada nos arredores de sua casa!

3. Colocando as plantas nos vasos

Com delicadeza, puxe a planta para fora do vaso em que veio para transplantá-la ao vaso novo. Mantenha o solo adubado que veio com ela para uma aderência mais rápida ao solo novo. Posicione duas, no máximo três plantas na jardineira. Para fazer isso, opte por plantas menores que não cresçam tanto, como o alecrim-rasteiro, o tomilho e o orégano.

4. Semeando

Algumas plantas possuem raízes frágeis, sendo indicada a sua semeadura. Após preparar a terra, abra buracos com cerca de 1,5cm de profundidade, em uma distância de 5cm um do outro. Nesses buracos coloque no máximo 3 sementes. Finalize cobrindo com uma camada fina de terra.

5. Terra adubada

Cubra as plantas com uma nova camada de terra adubada. Encontrada com facilidade em lojas de jardinagem e floriculturas. A terra adubada já vem preparada para o uso, mas o húmus e o chorume produzidos na compostagem são nutrientes fortes para o solo.

Temperos para plantar em casa: alguns cuidados

Antes de passarmos às sugestões de temperos para plantar em casa, é preciso dar algumas dicas gerais para os cuidados com as plantinhas. Vamos a elas.

Muito, muito sol

Ervas aromáticas são plantas que precisam de uma exposição grande ao sol! Elas precisam de muita luz pegando direto nas folhas para que possam crescer de forma saudável. Por isso, procure deixá-las em jardineiras e vasos fixos em janelas. Varandas e sacadas em ambientes onde o sol bate bastante, também são indicadas.

Quantidade de água

Verifique a água diariamente! Não deixe sua planta encharcada, nem muito seca. Para saber o tempo certo de regar, coloque o dedo ou um palito no solo e sinta a quantidade de umidade na água. Se estiver pouco úmida, regue-a. O ideal, é que demore de 2 a 3 dias para regá-las, mas é preciso observar a quantidade de água todos os dias.

Na hora da colheita

Ao cortar um ramo dos seus temperos para plantar em casa, o pedacinho que fica para trás se transforma em um broto para que cresçam novos raminhos. Evite cortar tanto, deixando-a “careca”. Se isso acontecer não haverá folhas suficientes para a produção da fotossíntese.

Temperos para plantar em casa

Confira a lista dos favoritos quando se pensa em temperos para plantar em casa. Preste atenção aos devidos cuidados e dicas de suas plantas para que cresçam saudáveis. Confira também ideias de onde usá-las como tempero!

Alecrim

Uma erva aromática tão conhecida que virou cantiga popular, fazendo parte do imaginário brasileiro. Esta erva aromática é cheia de propriedades que ajudam principalmente na digestão e no sistema nervoso.

Como plantar alecrim: originária do solo de calcário do Mediterrâneo, o alecrim é uma planta de fácil manejo. Precisa apenas de muito sol e pouca água. Procure regá-la a cada 2 dias.

Alecrim combina com: você pode usá-lo para temperar todos os tipos de carnes, batatas e pães.

Cebolinha

Originária da Europa, a cebolinha possui propriedades antioxidantes e é rica em nutrientes.

Como plantar cebolinha: também precisa de um contato direto com a luz do sol. Mas, diferente do alecrim, esta erva aromática gosta de água. Cuidado para não encharcar o solo, afogando as raízes. Para que isso não aconteça, procure regá-la sempre que perceber que o solo está pouco úmido.

Cebolinha combina com: pratos quentes como caldos, sopas e quiches. Também pode ser usada em saladas e molhos.

Coentro


Talvez o maior divisor dos temperos para plantar em casa, o coentro possui gosto forte e intenso. Auxilia no sistema digestivo e tem função antioxidante e antibacteriana.

Como plantar coentro: as raízes do coentro são muito frágeis e delicadas, isso dificulta na hora de transplantá-la. Dessa forma, a melhor maneira de plantar o coentro é através de suas sementes. Coentro é uma planta que gosta de muito sol e solo levemente umedecido.

Coentro combina com: o coentro é uma erva bastante versátil podendo ser utilizada em forma de folhas ou sementes. Use este tempero em saladas, molhos, maioneses, peixes, frangos, sopas…

Hortelã


De origem asiática, a hortelã é uma erva aromática extremamente versátil.

Como plantar hortelã: a hortelã é bastante resistente. É uma planta que gosta de sol e de ocupar muito espaço, então atenção na hora de plantá-la junto às outras. Procure plantar a hortelã em um vaso único. A hortelã gosta de solo fértil e úmido, mas cuidado para não afogá-la!

Hortelã combina com: saladas, carnes de porco e peixes, bebidas como drinks e sucos, chás, infusões, bolinhos como kibe e almôndegas, tabule…

Orégano: 

Popular, o orégano é originário do Mediterrâneo.

Como plantar orégano: retire a muda do vaso ou plástico em que veio. No novo vaso, com extremo cuidado para não quebrar as raízes, descompacte a terra da muda. Espalhe-a no fundo do vaso. Coloque a terra preparada até cobrir as raízes, deixando a planta estável. O orégano gosta de luz e solo levemente umedecido.

Como desidratar o orégano em casa: é muito simples! Escolha alguns galhos saudáveis que fiquem mais por cima do arbusto. Depois de escolhidos, corte-os e coloque-os, picotando-os em pedaçinho menores, em uma forma de inox forrada com papel toalha. Cubra os galhos com folha de papel toalha e deixe descansar por 3 dias.

Orégano combina com: pizzas, massas, molhos vermelhos, torradas, molhos, carnes…

Manjericão 


Outro tempero muito versátil, o manjericão, ou alfavaca, é originário da Ásia e da África.

Como plantar manjericão: o manjericão é uma planta que gosta de cuidados básicos. Solo fértil, luz e regas diárias garantem o desenvolvimento perfeito de sua planta.

Manjericão combina com: pizzas, massas, molhos vermelhos, molhos para salada, risotos…

Salsinha


Esta erva aromática tem origem no Mediterrâneo.

Como plantar salsinha: a melhor forma de plantar salsinha é pelas sementes. Deixe-a de molho por 24 horas. Acabado o tempo, coloque-a para secar por 1 hora. Em seguida ela já está pronta para o solo.

Salsinha combina com: saladas, molhos, carnes, sopas, caldos, batatas…

Tomilho


O tomilho é outra erva aromática com origem no Mediterrâneo.

Como plantar tomilho: você pode plantá-lo através da semeadura ou de ramos. Com os ramos, coloque-os em um copo de água até que apareçam as raízes. Depois, plante-a em terra preparada. O tomilho prefere um solo mais seco, procure regá-lo a cada 2 dias. Mantenha-o exposto à luz do sol.

Como secar o tomilho: o tomilho seco é uma das formas mais comuns de utilizar essa erva aromática. O processo é parecido ao de secar o orégano. Busque secá-lo ao ar livre, mas sem incidência de sol. Por fim, separe as folhas do caule, guardando-as em vidros.

Tomilho combina com: massas, risotos, carnes, sopas, caldos, cremes…

Plantando ervas aromáticas em casa

Ervas aromáticas são indispensáveis quando pensamos em temperos para plantar em casa. É de uma praticidade enorme tê-las sempre ali ao alcance das mãos. Certifique-se de deliberar os cuidados necessários às suas plantas e bon appétit! Gostou de nossas dicas? Tem alguma outra interessante para compartilhar? Coloque nos comentários abaixo!