Coisas para eliminar do guarda-roupa: veja 6 dicas básicas para você seguir

Muitas vezes, procurar a roupa certa é quase como uma expedição. Você passa incontáveis minutos procurando o que quer vestir e… não encontra nada que te agrada. Além disso, quando fecha a porta do guarda-roupa, ainda tem chances de ver uma pilha enorme de roupas, tornando um suplício a organização.

Se isso acontece com você, pode ser que você precise mais do que uma simples organização. O excesso de coisas presentes no seu guarda-roupa é um indício de que, talvez, esteja na hora de começar a fazer uma boa limpeza nele. Se prepare para separar o que ainda gosta de usar e encontrar coisas para eliminar do guarda-roupa!

Mas antes…

Arrumar o guarda-roupa nem sempre é algo rápido. Então, separe algumas horinhas de seu final de semana para fazer isso. Tranquilidade e atenção transformam esta tarefa árdua em um exercício de organização, mas pressa e descuido podem acabar deixando as coisas ainda mais bagunçadas.

Comece o processo tirando TUDO do seu guarda-roupa (aproveite e limpe, se precisar) e então separe tudo. De um lado, coloque todas as roupas em bom estado que ainda usa no dia a dia, além de uniformes, roupas íntimas e o que mais você guardar lá que não possa ser guardado em outro local. Depois, se prepare para seguir nossas dicas:

1. Caixas e sacolas de papel ou papelão

Caixas e sacolas de papel ou papelão

Os primeiros itens na nossa lista de coisas para eliminar do guarda-roupa é um que, falando sério, NUNCA deveria estar em qualquer guarda-roupa. Sempre dê preferência para outros móveis quando precisar guardar quaisquer pertences pessoais, já que guarda-roupas não são feitos para isso.

Caixas e sacolas, são inegavelmente úteis para guardar certos itens, porém ocupam muito espaço que poderia estar sendo melhor aproveitado. Além disso, itens de papel e papelão acabam atraindo as famigeradas traças e baratas, que se alimentam dos materiais e estragam roupas, além de, claro, sujar seu guarda-roupa inteiro.

Se for absolutamente necessário usar sacolas para proteger alguma roupa, use sacos de TNT. Outra dica importante é jamais usar aqueles sacos plásticos que vêm junto com roupas de cama. Não há problema algum em usá-los quando se organiza para uma viagem ou mudança de casa, mas guardar roupas neles por longos períodos de tempo pode gerar problemas como proliferação de bactérias e até embolorar suas roupas. 

2. Roupas velhas em bom estado

Roupas velhas em bom estado

Roupas velhas parecem uma opção natural quando pensamos em coisas para eliminar do guarda-roupa. Porém, também são as mais difíceis de se livrar quando botamos a mão na massa. Seja por apego, pelas memórias ou pelo conforto, elas acabam se tornando especiais, de alguma forma.

Mas eventualmente você precisa se livrar de roupas antigas, ainda mais se estão tomando espaço de roupas novas. Claro, sempre dê prioridade para as roupas que já não cabem mais ou que saíram de moda e você prefere não usar. Porém, é preciso desapegar.

Sempre que comprar uma roupa nova sem necessidade, doe uma roupa velha em bom estado que já não usa mais. Além de manter suas roupas sempre atualizadas, você estará ajudando alguém e diminuindo as coisas para eliminar do guarda-roupa no futuro.

3. Roupas e acessórios danificados

Roupas e acessórios danificados

Nem todas as roupas sobrevivem ao passar do tempo. Muitas vezes nós paramos de usar alguma roupa específica pois ela se rasgou de uma forma irreversível ou sofreu outro tipo de dano que não tem como arrumar.

Essas peças sempre devem ter uma prioridade alta na hora de escolher coisas para eliminar do guarda-roupa, mas com um porém: sempre tente arrumar! Nem toda camisa rasgada ou blusa manchada está além da salvação. Busque formas de salvar suas roupas antes de decidir se livrar delas. Mas, assim que confirmar que não tem como consertar, não pense duas vezes ao dar um fim nelas!

Essa dica também vale para roupas e acessórios que não estão danificados, mas estão inutilizáveis. Alguns dos exemplos mais comuns disso são: brincos e meias sem par, tamancos com salto quebrado, roupas com botões perdidos, calças com zíperes emperrados e várias outras peças além da salvação.

4. Roupas guardadas por apego emocional

Roupas guardadas por apego emocional

Muitas coisas para eliminar do guarda-roupa apresentam um valor sentimental para nós. Porém, só porque algo traz boas lembranças, não significa que seja uma peça de roupa usada com frequência. Normalmente, guardamos esses itens para nos lembrarmos de pessoas ou épocas felizes das nossas vidas, mas nem sempre usamos no dia a dia por várias razões.

Provando que às vezes não é só por serem coisas para eliminar do guarda-roupa que devemos jogar fora completamente. Para melhor guardar essas roupas e acessórios – e lembranças – o ideal é armazená-las em uma caixa de lembranças ou até mesmo em um cômodo específico. No guarda-roupa, porém, é mais uma forma de ocupar espaço e dificultar ainda mais na organização e limpeza do móvel.

5. Roupas que te incomodam

Roupas que te incomodam

Por inúmeros motivos, algumas roupas nos incomodam. Pode ser por termos mudado de estilo, por serem presentes de amigos ou familiares… O importante é que essas roupas são mais coisas para eliminar do guarda-roupa. Especialmente se você nunca as usou.

Considere doá-las, se estiverem em bom estado. Afinal, se não são seu estilo, provavelmente vão ser o estilo de outra pessoa. Agora, se elas estão danificadas de alguma forma, e não são confortáveis de usar, não tenha hesitação em se livrar de forma mais definitiva. O caminhão do lixo sempre passa, não é mesmo?

Pode soar meio duro, mas é essencial vestirmos apenas o que nos é confortável. Claro que não temos liberdade para usar só o que queremos a todo momento, mas pelo menos devemos nos sentir bem ao sair na rua.

6. Roupas que você não usa há mais de um ano

Roupas que você não usa há mais de um ano

Por fim, o último item da nossa lista de coisas para eliminar do guarda-roupa é a dica mais certeira que alguém pode te dar. Se você não usa algo há mais de um ano, por que ainda mantêm no seu guarda-roupa? Mesmo que sejam roupas lindas, se você não usa há tanto tempo, provavelmente não vai usar novamente.

Mesmo roupas para eventos mais formais, como casamentos, provavelmente serão substituídas por roupas mais novas caso sejam necessárias. E, honestamente, se você vai a tão poucos eventos formais, é muito mais vantajoso alugar roupas formais do que comprar um único conjunto para pegar poeira e tomar espaço no seu guarda-roupa.

Se a roupa estiver em bom estado, mesmo sem ser usada há mais de um ano, doe-a! E se lembre de organizar o guarda-roupa uma vez por mês, para não deixar a situação se repetir.

Agora, curta seu guarda-roupa organizado!

Aproveite e deixe nos comentários outras dicas para facilitar a vida de quem quer encontrar mais coisas para eliminar do guarda-roupa!