Como plantar manjericão: dicas para cultivar essa planta saborosa

Pizza, molho pesto, carnes, peixes, saladas… Quantas iguarias podermos preparar com manjericão? Afinal, seu cultivo milenar conquistou o paladar e o olfato de vários povos e culturas. Além de perfumado e saboroso, é uma planta que nos presenteia com flores brancas muito graciosas, com diversas propriedades medicinais e pode servir até como repelente de insetos. Por isso, todos nós só temos a ganhar se cultivarmos ao menos um vasinho em casa.

Para quem acha que não leva jeito com plantas, você vai descobrir como é muito simples e rápido o seu cultivo depois de ler este guia de como plantar manjericão. Ele pode ser plantado em qualquer época do ano, embora seja recomendado evitar iniciar o cultivo em invernos com temperaturas abaixo de 15°C.

Em média, o manjericão atinge 60 cm de altura e pode crescer bastante para os lados, parecendo um pequeno arbusto. Algumas variedades podem ultrapassar um metro de altura. Por isso, lembre-se de calcular bem o espaço onde você vai plantar o seu.

É importante considerarmos que o manjericão crescerá melhor em locais com bastante sol. Uma média de seis horas diárias de luz solar já são suficientes. Também devemos manter o substrato sempre úmido, nunca seco ou encharcado. A frequência da rega pode variar de acordo com o clima da região e a drenagem do seu vaso/horta.

Por ser uma planta perene, se você souber como plantar manjericão e a maneira correta de cuidar, poderá contar com esse tempero delicioso o ano todo. Acompanhe para saber mais!

Tipos de manjericão

Antes de aprender como plantar manjericão, é bacana conhecermos suas variedades e características. Confira os tipos de manjericão a seguir e escolha o seu preferido.

Uma dica! Talvez você se anime a plantar todos os tipos de manjericão ao se deparar com tantas delícias possíveis de serem preparadas com esse tempero.

Basílico ou basilicão

É a variedade mediterrânea, introduzida no Brasil pelos imigrantes italianos. As folhas são arredondadas, pontiagudas, levemente curvadas e brilhantes. Seu aroma é intenso e seu sabor amargo, com notas de cravo. É perfeito para o que os italianos chamam de o verdadeiro pesto alla genovese.

Este é, provavelmente, o mais utilizado na nossa cozinha. Fica delicioso com tomate, abobrinha, feijões, vagens, alho, cebola e azeitonas e aromatiza muitos pratos, como saladas, hortaliças, ovos, aves, carne suína, peixes, frutos de mar, queijos curados, massas frescas e pizzas.

Alfavaca

Conhecida também como manjericão doce por ter menos amargor que o brasílico italiano, também é uma espécie bastante comum no Brasil. As folhas são médias, pontiagudas e serrilhadas, semelhantes às folhas de hortelã.

O sabor é marcante, lembrando um pouco o sabor do cravo-da-índia. Fresca, a alfavaca pode ser usada no preparo de peixes, saladas, pizzas, massas, carnes, sanduíches, sopas e chás.

Manjericão francês

Essa variedade foi recentemente introduzida na culinária brasileira. Conhecido também como manjericão cravo, devido ao aroma característico, sua função é principalmente medicinal, como ansiolítico. Por isso, é muito usado no preparo de chás.

Na culinária, o manjericão francês dá um toque de leveza e frescor ao prato, mas é pouco usado porque o sabor é muito suave. Suas flores são brancas, suas folhas são pontudas e miúdas, parecidas com a alfavaca.

Manjericão roxo

Sua função é essencialmente decorativa, pois esse tipo não tem sabor e perfume persistentes. É mais indicado para temperar saladas ou para decoração de pratos.

Como plantar manjericão: dicas certeiras para cultivá-lo em casa

Quer ver um passo a passo bem simples de como plantar manjericão? As técnicas que apresentaremos aqui funcionam muito bem com manjericão, mas também é possível aplicar os mesmos procedimentos com o alecrim e a hortelã.

Então, se você está pensando em iniciar uma mini-horta de temperos variados em casa, aproveite as dicas a seguir!

Como plantar manjericão por estaquia

A estaquia ou estacaria é um método de reprodução assexuada de plantas, que consiste no plantio de pequenas estacas de caules, raízes ou folhas que, plantados em um meio úmido, desenvolvem-se em novas plantas.

Veja como é fácil!

  • Corte ramos de um pé de manjericão adulto de cerca de 110 a 15 cm.
  • Coloque em um recipiente de água e posicione-os em um lugar onde receba luz solar indireta. A luz solar direta pode “estressar” a planta nessa fase.
  • Troque de água a cada dois dias, cuidando para que os caules se mantenham dentro da água.
  • Pode ser que alguns ramos murchem e você os perca, mas a maioria deles provavelmente criará pequenas raízes brancas após cinco ou sete dias.
  • Quando as raízes atingirem cerca de duas polegadas, prepare um vaso ou jardineira com drenagem de água e um bom substrato. Manjericões não são tão exigentes em relação à terra, mas, quanto melhor o substrato, mais bonita será a planta.
  • Coloque as estacas nos vasos ou jardineiras com terra.
  • Lembre-se de que manjericões gostam de luz solar, calor e terra úmida.

Como plantar manjericão do mercado

Em vez de comprar manjericões frescos no mercado toda semana, por que não os comprar só uma vez e replantá-los em casa? A técnica de estaquia pode funcionar também com os ramos que você comprou no mercado ou na feira, desde que estejam bem frescos.

Veja como vale a pena!

  • Separe algumas hastes do manjericão e corte-as com uns 10 a 15 cm.
  • Retire as folhas da parte de baixo, deixando apenas algumas na parte superior.
  • Coloque num recipiente de vidro com água até a metade e deixe em um lugar onde receba luz solar indireta, trocando a água de dois em dois dias.
  • Quando as raízes estiverem com o tamanho de duas polegadas, está na hora de replantar as estacas num vaso.

Como plantar manjericão em garrafa pet

Você sabia que é possível cultivar uma horta completa em garrafas pet? Esta é inclusive uma forma muito prática e sustentável de cultivar seus temperos, principalmente, se for uma horta suspensa. Escolha mudas bonitas, uma garrafa pet grande e mãos à obra.

  • Corte um retângulo na lateral da garrafa com uma tesoura. Esse retângulo deve medir cerca de cinco centímetros de largura e começar cerca de três centímetros da base da garrafa até o início do gargalo.
  • Faça um pequeno furo na base da garrafa, por onde você passará o barbante. A outra ponta do barbante será amarrada no gargalo.
  • Coloque alguns seixos dentro da garrafa deitada.
  • Insira sobre os seixos quantas mudas forem suficientes para preencher o seu vaso de garrafa pet e preencha os espaços com substrato, deixando as mudas bem firmes.
  • Pendure seu vaso de garrafa pet em um lugar onde haja calor e luz solar.
  • Lembre-se de manter o substrato úmido, mas não encharcado. Escorra o excesso de água sempre que necessário, retirando a tampa e inclinando a garrafa.

Quais temperos podem ser plantados com o manjericão

Você sabia que algumas plantas podem se dar super bem se plantadas no mesmo vaso ou canteiro? Por outro lado, outras podem não se adaptar como vizinhas e acabar prejudicando o crescimento uma da outra. Para garantir a saúde de seu manjericão e suas outras plantas, observe as dicas a seguir.

  • Um dos fatores mais importantes para determinar as plantas vizinhas em uma horta de temperos é a necessidade de água, luz solar e as características do solo para cada planta. As que exigem cuidados parecidos podem compartilhar tranquilamente o mesmo vaso.
  • Manjericão pode se dar muito bem sendo vizinho, de orégano, manjerona e outros tipos de manjericão.Afinal, todas essas plantas gostam muito de água e sol.
  • Por outro lado, alecrim, sálvia e tomilho gostam mais de terra arenosa e não necessitam de tanta água.
  • A vizinha mais difícil da horta é certamente a hortelã. Essa é uma planta que não se dá bem dividindo o vaso com outras porque suas raízes são espaçosas e podem atrapalhar o desenvolvimento das plantas vizinhas. Prefira cultivá-la sempre individualmente!

Como recuperar manjericão murcho

Você seguiu todos as dicas e, mesmo assim, sua planta está murcha e nem um pouco vistosa?

Geralmente, plantas murchas indicam que não há água suficiente. Se for esse o caso, basta regar o substrato do manjericão para que sua vitalidade retorne. Você também pode tentar trocar o vaso de lugar, pois, como você já sabe, ela gosta de sol pleno.

Se mesmo assim o seu manjericão não prosperar, a principal culpada provavelmente é uma terra de má qualidade, muito compactada, pobre em nutrientes ou até mesmo com um PH inadequado para a planta crescer. Nesse caso, troque-a por uma de boa qualidade e tente colocar a planta em um local mais iluminado.

Que tal as nossas dicas de como plantar manjericão em casa?

Já escolheu seu tipo de manjericão preferido e sua técnica de plantio? Você também conhece truques para fazer seus temperos prosperarem? Lembre-se de compartilhar os resultados com a gente. Até a próxima!