Lista de tarefas domésticas: como fazer e dicas práticas

O que tem para hoje? Já fez tudo o que tinha que fazer? Teve que improvisar alguma coisa? Parou para pensar naquela intuição de que tinha uma coisa muito importante para fazer, mas não se lembra bem o que? Com a correria do dia a dia algumas coisas passam despercebidas ou são esquecidas. Para garantir uma produtividade maior e com menos esforço e menor dor de cabeça, organize-se. Faça uma lista de tarefas domésticas para te ajudar.

Neste artigo você terá algumas dicas que vão parecer óbvias, mas que vão te ajudar e muito a se organizar quanto às tarefas do dia a dia. Com o tempo, você vai perceber que fez mais coisas e se cansou menos. Portanto, para não perder nenhuma dica, fique por aqui e leia este artigo com atenção.

Procrastinação

Essa palavra assombra muitas pessoas ao redor do mundo. Tem pessoas que conhecem bem esse termo e tem pavor de seu significado. No entanto, outras pessoas a praticam mesmo sabendo o que procrastinação significa.

Por mais que a procrastinação seja forte e que envolva as pessoas como um cobertor quentinho num dia chuvoso e frio em que você tem milhares de coisas para fazer, lute contra. E uma maneira de fazer isso é criar o hábito de executar suas tarefas diárias antes de pensar em sentar no sofá para maratonar uma série da Netflix.

Por conta da falta de autoconhecimento das pessoas no mundo, pode-se dividi-las em duas categorias que podem ajudar você a se entender para depois saber como lidar com seu nível de procrastinação. Essas categorias são o procrastinador inconsciente e o procrastinador consciente.

Procrastinador Inconsciente

Esse tipo de procrastinador não sabe que procrastina. Essa pessoa fica estressada com facilidade sem saber o motivo e não percebe. Sempre acha que tudo pode ser deixado para depois. Normalmente são pessoas que arranjam desculpas para tudo, evitando a finalização da tarefa em questão. São pessoas que dificilmente concluem algum projeto mais complexo.

Procrastinadores inconscientes também podem desenvolver TOC (Transtorno Obsessivo-Compulsivo), pois só conseguem executar uma tarefa depois que muitas outras menores são finalizadas e alinhadas. Por exemplo: antes de abrir um livro para estudar, essa pessoa precisa tomar banho, arrumar o quarto e lavar a louça, para depois conseguir estudar. 

Esse processo se torna tão cansativo para ela apenas na ideia que ela desiste da tarefa ou acaba fazendo de qualquer jeito. São pessoas que precisam de motivação constante e maior tempo de descanso entre as tarefas. Normalmente executam bem apenas projetos que fazem por escolha.

Procrastinador Consciente

Nesse caso, a pessoa tem plena consciência que é um procrastinador. Sabe que tem dificuldade em finalizar as coisas, se distrai com facilidade, não consegue manter o foco e perde a motivação rapidamente. Também são pessoas que não conseguem dizer não. Elas acumulam tantos afazeres que se perdem na hora de executar uma tarefa e não conseguem finalizar nenhuma. Essas pessoas normalmente sentem o peso do mundo nas costas e têm problemas de estresse e ansiedade. 

O principal inimigo do procrastinador consciente é a falta de organização. Uma lista de tarefas domésticas já resolveria em partes sua luta diária. No entanto, como não consegue dizer não para as coisas que surgem no meio do caminho, o planejado acaba ficando para depois e nunca tem uma prioridade, pois tudo sempre é prioridade. 

Se identificou em algum dos casos? Se sim, ótimo. Isso é meio caminho para que você consiga fugir dessa zona de conforto que te impede de crescer e evoluir, assim como trazer paz para a sua cabeça e aliviar o peso do mundo em suas costas.

Agora, crie o hábito de fazer listas de tarefas domésticas e executá-las conforme o planejado. Saiba dizer não. Treine sua concentração fazendo quinze minutos de meditação todos os dias e tenha uma rotina de tarefas executáveis. Nada impossível para não acumular e se perder novamente. 

Veja como criar listas de tarefas domésticas para organizar seu dia a dia e livre-se desse peso que o acúmulo de projetos inacabados têm sobre seus ombros.

Lista diária: de segunda a sexta

Antes de trazer metas impossíveis ou inalcançáveis a curto prazo como abrir uma empresa e ganhar um milhão de reais antes do horário de almoço na segunda-feira, comece com algo simples. Evite o desapontamento logo na largada. Crie listas de tarefas domésticas seguindo algumas dicas que com certeza vão ajudar você a deixar de procrastinar tanto.

Não acumule afazeres como uma parede de agência publicitária. Tarefas a serem executadas não são ideias que surgem na sua mente. Não é um processo criativo. Listas de tarefas domésticas não devem ser criativas, mas sim organizadas. Portanto, coloque as coisas conforme sua rotina diária. Por exemplo: 

Segunda – feira de manhã:

  1. Ao acordar, levantar e arrumar o quarto.
  2. Fazer 15 minutos de meditação na sala.
  3. Fazer 30 min de exercícios físicos.
  4. Tomar banho e se arrumar para trabalhar.
  5. Tomar café da manhã.
  6. Sair para o trabalho.

Depois do trabalho:

  1. Chegar em casa e tomar um banho.
  2. Pôr a roupa para lavar na máquina.
  3. Fazer comida para jantar.
  4. Estudar por 2 horas.
  5. Lavar a louça.
  6. Estender a roupa no varal.
  7. Escovar os dentes.
  8. Ler antes de dormir.

Esse é um exemplo das listas de tarefas domésticas que você deve fazer para começar a pegar o ritmo. Enquanto as coisas simples não se tornarem um hábito, você deve listá-las. Isso vai te motivar a continuar seus afazeres e tirar você da procrastinação aos poucos. O próximo passo é enxugar as listas de tarefas domésticas e colocar apenas algumas coisas mais relevantes daquele dia. Veja a lista a seguir como exemplo:

Segunda – feira

  1. Lavar e estender as roupas.
  2. Fazer trabalho do curso. 

Terça – feira

  1. Fazer as compras da semana. Higienizar antes de guardar.
  2. Comprar o presente da mamãe.

Quarta – feira

  1. Entregar relatório da empresa.
  2. Reunião importante.
  3. Apresentação na faculdade.

Quinta – feira

  1. Levar o Billy para o veterinário.
  2. Comprar ração.
  3. Levar o carro para revisão.

Sexta-feira

  1. Lavar o banheiro.
  2. Limpar os tapetes.
  3. Limpar o quarto.

Sábado

  1. Comprar toalhas novas.
  2. Aniversário da mamãe.

Viu, as listas de tarefas domésticas se tornam mais simples conforme você vai se habituando a executar outras tarefas. A rotina garante isso. No caso de casais, o ideal é trabalhar com listas de tarefas domésticas específicas para cada um ou usar cores diferentes para identificar quem faz o que naquele dia.

Outra dica importantíssima também é que suas listas devem estar sempre visíveis em casa e junto com você. Portanto, deixe uma lista na porta da geladeira, que é um local estratégico. Também uma cópia em seu celular para lembrar de suas tarefas quando estiver fora de casa.

Listas de tarefas domésticas são afazeres de fácil execução. Não se esqueça de sempre trabalhar com metas atingíveis. Evite também misturar as coisas de casa com as do trabalho, limitando os projetos de seu emprego no local e horário apropriados. Isso vai evitar estresse e ansiedade.

Uma última dica importante para suas listas de tarefas domésticas é evitar improvisos e excessos. Permita-se fugir de vez em quando de sua rotina para manter sua saúde mental em dia e não acumule tarefas. Coisas demais para fazer podem gerar ansiedade. 

Dia a dia organizado

Suas listas de tarefas domésticas estão prontas. Não é difícil fazer uma. O maior desafio é executar cada uma das metas e não desmotivá-las. Com o tempo, tudo vai fluir melhor e a procrastinação será algo que você só conhecerá na teoria. E aí, se identificou com qual tipo de procrastinador? Já usa listas de tarefas domésticas?

Como você planeja seu dia a dia? Tem conseguido executar todas as tarefas? Deixe nos comentários como você se planeja e quais dificuldades você está passando. Compartilhe sua experiência sobre como organizar seu dia a dia.